Os familiares das cinco pessoas que morreram em 2009 após o desmoronamento arriba, na praia Maria Luísa, em Albufeira, avançaram com um pedido de indemnização de 900 mil euros contra o Estado.

A praia onde se deu a tragédia estava sinalizada e o inquérito-crime até foi arquivado pelo Ministério Público.

A família não explica porque só agora avança com o processo.