Foi durante a noite de terça-feira, por voltas das nove horas, que o casal, com idades compreendidas entre os 62 e 65 anos, foi surpreendido na própria casa, em Ribeirão, por um grupo de quatro homens encapuzados.

Ouvi um barulho muito esquisito, coisas a bater, algo muito estranho. Olho e vejo dois encapuzados, que me mandaram estar calada", explicou a mulher de 62 anos.

Para além de encapuzados, os invasores estavam armados. O grupo trancou a mulher numa das divisões da casa, enquanto agrediam brutalmente o marido que resistiu ao assalto.

O homem, de 65 anos, recusou dar o código do cofre, existente na casa, o que culminou em ferimentos graves e ameaças de morte feitas pelos suspeitos.

Disseram-me: vamos matar o teu marido, vamos matá-lo! O meu marido já estava cheio de sangue e deitado de barriga para baixo", esclareceu a vítima.

O idoso acabou por ceder e entregar o código aos assaltantes que se colocaram em fuga depois de levarem 15.800 euros e ouro no valor de cerca de 30 mil euros.

O homem continua internado no Hospital de Braga devido aos ferimentos graves provocados durante o assalto.

A TVI sabe que dois dos suspeitos já foram detidos pela PSP, na quarta-feira, numa barricada na A1, junto às portagens de Alverca.