Esta quinta-feira vai ser atualizada a lista dos 121 concelhos considerados de alto risco de transmissibilidade, no âmbito da pandemia de covid-19. Ao que a TVI conseguiu apurar, em Trás-os-Montes estão incluídos 15, mas o número deverá subir para 22 nas próximas horas. Isto significa que ficam de fora apenas quatro concelhos. 

No distrito de Vila Real, apenas três concelhos estavam de fora - Boticas, Montalegre e Valpaços -, mas com o número de contágios a aumentar, Boticas e Montalegre são dois dos fortes candidatos a integrar essa lista. Valpaços poderá, eventualmente, ser incluído, não pelo aumento de novos casos de infeção, mas pela proximidade com outros concelhos preocupantes. 

Relativamente ao distrito de Bragança, que inclui 12 concelhos, apenas cinco estavam na lista vermelha do Governo. No entanto, há pelo menos quatro onde a situação pandémica se agravou e que podem vir a juntar à lista de risco. São eles: Mirandela, Torre de Moncorvo, Freixo de Espada À Cinta e Miranda do Douro. 

Elvas, Portalegre e Évora podem vir a entrar na lista

A Administração Regional de Saúde do Alentejo ainda não confirmou, mas ao que a TVI conseguiu apurar, Elvas e Portalegre deverão integrar o grupo de concelhos considerados de alto risco de transmissibilidade da covid-19.

Évora também deve ser um dos concelhos abrangidos, depois de ter sido detetado um surto num gabinete de contabilidade. 

Já no distrito de Setúbal, o concelho de Alcácer do Sal deverá sair da lista, mas Sines deverá manter-se. 

Miguel Cabral Amílcar Matos / Notícia atualizada às 14:54