A Polícia Judiciária de Setúbal deteve um homem, de 33 anos, suspeito de violar um homem, de 47, no passado dia 6 de julho.

A detenção foi agora anunciada, depois de o suspeito, sobre o qual recaem "fortes indícios da prática do crime de violação", ter sido localizado.

O crime ocorreu na vila da Moita, "próximo da meia-noite, quando o autor, recorrendo à força física, obrigou a vítima, um outro homem, a práticas sexuais não desejadas", confirmou à TVI24 uma fonte da PJ de Setúbal.

Depois de beber uns copos e fumar umas ganzas com os amigos, passou na rua por um indivíduo e tentou, a bem, convencê-lo a ter relações sexuais. Como o indivíduo não se mostrou disponível, nem consentiu, o suspeito arrastou-o para uma zona menos movimentada e obrigou-o a práticas de natureza sexual".

A mesma fonte explicou que "um morador da zona apercebeu-se que se estava a passar alguma coisa de anormal e resolveu intrometer-se, tendo o suspeito acabado por fugir".

Morador e vítima apresentaram queixa na GNR.  A investigação do caso foi entregue à Polícia Judiciária, que acabou por localizar o suspeito e decidiu prendê-lo na segunda-feira, depois de concluídas todas as diligências relacionadas com a investigação.

O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das medidas de coação.