Uma mulher terá sido vítima de tentativa de violação depois de apanhar um táxi nas Docas, em Lisboa, e o motorista a ter transportado até à zona de Monsanto.

De acordo com o depoimento que a vítima prestou às autoridades, o taxista ter-lhe-á rasgado as roupas e esta foi resistindo até que informou o agressor que era portadora de SIDA. Terá sido nesse instante que o homem a largou e a abandonou no local.

A TVI sabe que o alerta foi dado por uma testemunha que, por volta das 08:06 desta manhã, encontrou a vítima despida, com a roupa rasgada e inanimada no chão. Posteriormente, foi transportada para o Hospital Francisco Xavier, em Lisboa. 

Foi apresentada queixa junto das autoridades e estão a ser realizadas diligências para identificar o suspeito.