A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem por indícios da prática dos crimes de rapto, violação e roubo, no início do mês, junto a uma estação de comboios da Linha de Sintra, anunciou aquela força policial.

Em comunicado, a PJ explica que os factos ocorreram no passado dia 6 de novembro, ao início da tarde, quando o agressor abordou a vítima, uma jovem de 19 anos, num parque de estacionamento junto a uma estação de comboios da Linha de Sintra.

Sob a ameaça de uma arma de fogo, prossegue a PJ, o agressor obrigou a jovem a entrar na viatura, roubou-lhe o cartão multibanco, obrigando-a a revelar o código, e levantou a totalidade do dinheiro existente na conta bancária da vítima.

“Com a vítima no interior da viatura, com os olhos vendados e sob ameaça de arma de fogo, conduziu-a até um motel, onde consumou a violação, num contexto de elevada intimidação e violência”, acrescenta.

A vítima acabou por ser abandonada, ao final da tarde, junto a outra estação ferroviária da Linha de Sintra.

A PJ acrescenta que o presumível autor, que ficou em prisão preventiva após interrogatório judicial, tem antecedentes pela prática de crimes da mesma natureza.