A jovem de 19 anos que, na quarta-feira, foi agredida e regada com diluente, no Cacém, em Sintra, pelo namorado, tem 10% do corpo queimado, sobretudo na cara, tronco e mãos, apurou a TVI.

A vítima está internada na Unidade de Queimados do Hospital de Coimbra. O quadro clínico mantém-se estável, sendo que a jovem está entubada e ventilada.

O suspeito das agressões é o companheiro da vítima, que terá regado a mulher enquanto dormia, depois de uma discussão. 

Colegas e amigos do suspeito revelaram à TVI que, nos últimos tempos, este demonstrava um comportamento estranho.

Nos últimos tempos vi-o com comportamento estranho e abatido. Basta olhar para ver que a pessoa não estava bem. As pessoas ficaram surpreendidas com o comportamento que ele teve, que é um comportamento de pessoa maluca. Uma pessoa doida é que pode fazer uma coisa dessas", contou um amigo sob anonimato. 

No entanto, apesar de para alguns ser uma surpresa, o homem já estava referenciado pelas autoridades.

A PSP revelou que já tem registo de duas situações anteriores relacionadas com violência doméstica envolvendo o suspeito. 

O suspeito fugiu, mas foi detido pouco tempo depois nas imediações do local do crime. Presente no Tribunal Judicial de Sintra, para 1.º Interrogatório Judicial e foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Daniela Rodrigues