Um suspeito de agredir física e psicologicamente a sua mulher e as duas filhas, em Terras de Bouro, distrito de Braga, vai aguardar o desenvolvimento do processo sob vigilância eletrónica, determinou na terça-feira um juiz de instrução.

No âmbito de uma investigação que a GNR desenvolveu durante uma semana, “os militares apuraram que o suspeito agredia física e psicologicamente a sua mulher de 48 anos, e as duas filhas, de 15 e 23 anos, tendo, na sequência das diligências de investigação, sido cumprido um mandado de detenção”, consumado na segunda-feira, explica o Comando Territorial de Braga daquela força policial.

Homem tinha 63 anos.