Um homem, de 81 anos, foi detido, esta segunda-feira, indiciado pelo crime de violência doméstica há pelo menos 60 anos contra a mulher, no concelho de Vila Nova de Gaia, no Porto. 

Em comunicado, a GNR, do Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Porto, declara que a detenção surgiu na sequência de uma investigação por violência doméstica, da qual se apurou que o suspeito "de forma reiterada, injuriava, ameaçava e agredia fisicamente a vítima, sua esposa, de 78 anos"

No documento é ainda dito que o agressor desenvolveu um "quadro de demência" que o tornou mais perigoso tanto para a vítima como para ele próprio, "tendo chegado a provocar um incêndio na habitação".  

Os militares do NIAVE realizaram a detenção deste homem através do cumprimento de um mandado de detenção.

O suspeito foi, esta segunda-feira, presente ao Tribunal Judicial do Porto, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva, a medida gravosa das medidas de coação. Foi conduzido ao Estabelecimento Prisional do Porto, onde ficará a aguardar julgamento.