O Tribunal de Elvas (Portalegre) decretou a prisão preventiva de um homem, de 44 anos, detido pela GNR por violência doméstica e que "ameaçou de morte a sua família", informou, esta sexta-feira, a força de segurança.

Em comunicado, o Comando Territorial de Portalegre da GNR indica que o homem foi presente na quinta-feira ao Tribunal de Elvas, que lhe aplicou a medida de coação mais gravosa, tendo sido conduzido ao estabelecimento prisional da cidade.

"No âmbito de uma investigação por violência doméstica, em que o suspeito ameaçou de morte a sua família, chegando mesmo a agredir a sua companheira de 37 anos e os seus quatro filhos, tentando atingir as vítimas com disparos, foi dado cumprimento a um mandado de detenção que culminou na localização e detenção do agressor", lê-se no comunicado.

A detenção foi feita por militares do Núcleo Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), com o reforço de efetivos do Posto Territorial de Elvas da GNR.