A GNR constituiu arguido um homem residente em Estarreja, no distrito de Aveiro, suspeito de ter ameaçado com armas de fogo nos últimos cinco anos a ex-mulher, informou hoje aquela força militar.

Na sequência de uma investigação pelo crime de violência doméstica, em que foi possível apurar que o suspeito, de 67 anos, ameaçou com arma de fogo, nos últimos cinco anos, a ex-mulher de 68 anos, os militares deram cumprimento a dois mandados de busca, uma domiciliária e uma em veículo", refere um comunicado da GNR.

Durante a operação, que decorreu no sábado, foram apreendidas uma espingarda caçadeira calibre 12 e 18 cartuchos do mesmo calibre, uma arma de ar comprimido e uma arma branca.

O suspeito foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Estarreja.