A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve na segunda-feira um homem com 42 anos, na localidade de Caneças, em Loures (Lisboa), por suspeita da prática do crime de violência doméstica, foi anunciado esta terça-feira.

Através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, foi possível apurar que o suspeito agredia “física e psicologicamente” a sua esposa, de 70 anos, lê-se no comunicado divulgado pela GNR.

Além de agressões “com recurso a diversos objetos”, o suspeito “retirava as chaves à ex-companheira para que esta não saísse de casa".

O detido já foi presente a tribunal, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva, para cumprimento no Estabelecimento Prisional de Caxias.