A Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu 15 armas ilegais, mais de 1.100 munições e deteve um homem suspeito por violência doméstica no concelho de Silves (Algarve), anunciou esta quinta-feira aquela força policial.

A detenção do homem, de 44 anos, e a apreensão das armas ocorreu na quarta-feira, na sequência de buscas à residência do suspeito realizadas pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Portimão da GNR, no âmbito de uma investigação de violência doméstica, indicou a GNR em comunicado.

Os militares da guarda apuraram que o agressor ameaçava de morte a vítima, sua companheira, de 38 anos, há mais de 20 anos”, avançou aquela força.

As autoridades apreenderam nove espingardas de vários calibres, duas carabinas, uma espingarda e uma pistola de ar comprimido, dois silenciadores, uma mira telescópica, chumbos e munições de diversos calibres.

Na operação fora ainda apreendidas uma faca dissimulada em cartão e uma bengala com espada dissimulada no seu interior.

O homem vai ser ouvido hoje em primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Portimão.

Agência Lusa / AG