Um jovem de 17 anos, residente na Moita, é suspeito de agredir física e psicologicamente a companheira, de 18 anos, e de possuir várias armas proibidas, informou esta segunda-feira o Comando Territorial de Setúbal da GNR.

Em comunicado, a GNR explica que o jovem foi constituído arguido na sequência de uma investigação de violência doméstica.

Os militares apuraram que o suspeito agredia física e psicologicamente a companheira, de 18 anos, de quem tem um filho. Foi dado cumprimento a um mandado de busca domiciliária”, refere a nota.

Na sequência desta operação, as autoridades apreenderam uma réplica de uma arma de fogo Glock 19, uma catana, um sabre, três facas e quatro munições de calibre 7.62 milímetros.

Contactada pela agência Lusa, fonte da GNR de Palmela adiantou que o jovem ficou sujeito a termo de identidade e residência e que vai ser presente a Tribunal Judicial de Setúbal para a eventual aplicação de outras medidas de coação.