Um jovem de 19 anos foi detido pela GNR de Leiria por ser suspeito dos crimes de violência doméstica, sequestro e coação agravada. 

Em comunicado, a GNR informa que, na sequência de uma investigação, "os militares da Guarda apuraram que o suspeito, durante dois anos, agrediu fisicamente a sua companheira, de 20 anos, infligindo-lhe maus-tratos psicológicos e ameaças reiteradas de morte".

"A vítima tentou pôr termo à relação violenta, tendo o agressor procedido ao seu sequestro, amarrando-a por vários dias a um móvel da garagem da residência, sob coação e ameaça constante, inviabilizando-lhe qualquer comunicação com o exterior, e obrigando-a a efetuar as suas necessidades fisiológicas para um balde", acrescenta a nota.

No seguimento das diligências policiais, foi apreendida uma caçadeira de calibre 12, quatro armas brancas, das quais uma catana e uma ponta e mola, 11 doses de cannabis e uma planta de cannabis em elevado estado de maturação.

O detido, com antecedentes criminais pela prática dos crimes de roubo e ofensas à integridade física, será presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Leiria, durante o dia de hoje.

Andreia Miranda