Uma mulher de 50 anos foi detida pela prática do crime de violência doméstica contra a sua mãe de 87 anos, numa residência particular localizada na freguesia de Carnaxide. A detenção foi efetuada no domingo pela PSP de Oeiras.

As autoridades tiveram conhecimento dos “vários gritos e pedidos de socorro de uma cidadã já idosa” junto a uma residência. Quando os polícias chegaram ao local, o pedido de ajuda continuava audível, bem como “várias ameaças de morte por parte da suspeita”.

Os agentes deslocaram-se para junto da porta de entrada da residência e, uma vez que a violência se manteve após o alerta dos polícias, arrombaram a porta. No interior, viram a suspeita com as duas mãos à volta do pescoço da vítima, empurrando-a contra as paredes e móveis, proferindo ameaças de morte.

A suspeita foi detida pelos polícias e, como proferia frases sem qualquer nexo e, por ter adotado um estado catatónico, foi conduzida ao Hospital São Francisco Xavier, ao abrigo da lei mental.

Após observação na urgência psiquiátrica, foi determinado o seu internamento compulsivo.