Um homem de 55 anos vai ser controlado por vigilância eletrónica depois de ter sido detido, em Amarante, por agressões e ameaças de morte à esposa, de 54 anos, e ao filho, de 15 anos, anunciou esta segunda-feira fonte policial.

Em comunicado, a GNR indica ter apurado que “o suspeito esteve casado durante 30 anos com a vítima e que a relação foi sempre pautada por coações psicológicas, verbais e financeiras e ainda por injúrias e ameaças de morte”.

Devido ao consumo constante de bebidas alcoólicas, o agressor, no passado mês de julho, agrediu o seu filho de 15 anos e reiterou as ameaças de morte à sua esposa, com recurso a uma tesoura e duas facas de cozinha, tentando atingir a integridade física de cada uma das vítimas”, acrescenta a mesma fonte.

O detido foi presente a primeiro interrogatório no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de proibição de permanência e de se aproximar da habitação, num raio de 500 metros, proibição de contactar, por qualquer forma ou meio ou por interposta pessoa, com as vítimas, e abandonar num prazo de 48 horas a residência de família.

O homem foi, ainda, obrigado a sujeitar-se a uma avaliação médica para tratamento da dependência alcoólica.

Agência Lusa / CE