O Tribunal de Via Real absolveu hoje um homem de 44 anos que estava a ser julgado pelos crimes de violência doméstica e ameaça agravada contra os pais septuagenários.

O julgamento começou no dia 7 de janeiro e, na primeira audiência nem o arguido, nem os pais prestarem declarações ao coletivo de juízes de Vila Real.

A leitura do acórdão decorreu esta terça-feira e o tribunal absolveu o homem devido à falta de provas.

O arguido foi detido pela GNR e estava a aguardar julgamento em prisão preventiva, tendo saído em liberdade após a primeira audiência.

O Ministério Público (MP) imputava ao homem dois crimes de violência doméstica e dois crimes de ameaça agravada de que seriam vítimas os próprios pais, ambos com 75 anos, com quem o arguido, vivia em Peso da Régua.

Na acusação era referido que o arguido maltratava os pais com ameaças, insultos e que chegou a atingir o pai com um cinto, vivendo os idosos “amedrontados” pelo “mau ambiente que o filho causava em casa, onde tinham medo de permanecer”.