O homem de 44 anos que foi detido, no domingo, por ter abusado sexualmente da filha 15 anos ficou em liberdade.

O tribunal de Braga proibiu o suspeito de se aproximar da filha a menos de 500 metros e proibiu-o de contatar as crianças.

Segundo a Polícia Judiciária, o homem está fortemente indiciado pela prática de crimes de dois crimes de abuso sexual de menores dependentes.

O homem terá abusado da filha de 15 anos, no domingo, na casa onde residiam, tendo sido detido no mesmo dia pelo Departamento de Investigação Criminal de Braga, fora de flagrante delito.