“A senhora, com ferimento perfurante no peito, encontrava-se em paragem cardiorrespiratória”, referiu fonte do INEM, acrescentando que foram “efetuadas manobras de suporte de vida avançado, mas sem sucesso”.