O provedor da Santa Casa da Misericórdia de Resende, em Viseu, faz um apelo desesperado. Quase todos os doentes da Unidade de Cuidados Continuados estão infetados com o novo coronavírus. Há mais 18 idosos que foram testados e aguardam resultados.

O provedor Jaime Alves diz sentir-se abandonado e pede ajuda urgente: “Os nossos colaboradores estão a ficar absolutamente esgotados. Precisamos de colaboração de outras entidades (…). Até ao momento, ainda não houve uma resposta concreta.”

“Isto está a tornar-se absolutamente incomportável para nós. Os meios que temos são insuficientes para dar resposta. Só por nós não somos capazes de dar resposta aos nossos doentes e às suas famílias.”