São números oficiais da Procuradoria Geral da República. Em 2019, seis homens morreram em contexto de violência doméstica, um crime que até setembro já matou 27 pessoas, incluindo uma criança, em Portugal.

Segundo dados a que a TVI24 teve acesso, há seis vítimas do sexo masculino e 21 do sexo feminino, incluindo uma criança, "com indícios seguros de morte ocorrida em contexto de violência doméstica".

Alguns destes casos foram noticiados, como é o caso do homem que foi morto pelo filho de 16 anos e do caseiro que foi esfaqueado pela mulher.

No entanto, há casos que não são de imediato identificados como violência doméstica e as autoridades ainda continuam a investigar para tentar concluir se os mesmos aconteceram, ou não, neste contexto. 

"Existem outros casos, designadamente com vítimas mulheres, que ainda não é possível assegurar com a necessária segurança que as mortes ocorreram em contexto de violência doméstica, aguarda-se que as investigações esclareçam os exatos contornos", afirma a PGR.

Saiba onde e como pedir ajuda em STOP VIOLÊNCIA.

Andreia Miranda