Declarações de Artur Jorge, treinador do Sp. Braga, na sala de imprensa do Estádio Municipal de Braga, após o jogo de estreia no comando técnico dos bracarenses com um triunfo por quatro bolas a zero:

«Era importante hoje ganhar o jogo. Fomos competentes naquilo que foi pedido aos jogadores, demos uma enorme demonstração de respeito, não só por nós, mas pelo adversário pela forma como encarámos o jogo. Acaba por ser uma vitória bem conseguida. Valorizo os três pontos, era esse o foco e o ponto mais importante do dia de hoje».

[Estreia de dois jovens, Fabiano e Sanca] «Realçava o facto de estrear dois jovens da formação. Utilizámos cinco atletas formados no Braga sendo que tínhamos oito na lista de vinte. Proporcionou-se. As oportunidades surgem e quem fizer por elas cá estaremos para as dar. São dois jogadores em quem acreditamos. O Fabiano jogou mais do que o Sanca, mas são dois elementos em quem acreditamos no plantel».

[Duas partes distintas. O que disse ao intervalo?] «Posso concordar que a segunda parte foi melhor. Sentimos alguma ansiedade na primeira parte. Tivemos quinze a vinte minutos em que a equipa não se conseguiu ligar na plenitude. Ao intervalo tentei apelar à serenidade e à calma, porque sabíamos que o golo poderia aparecer, tínhamos de estar com a mesma dinâmica e tranquilos na tomada de decisão. A intenção era não ter de lidar com o lado emocional dos atletas na adversidade. Foi importante não sofrer golo, manter a baliza a zeros».

[O que sentiu ao estrear-se?] «Satisfação. É o tornar realidade o que é o aspeto competitivo. Estou muito satisfeito porque temos hoje os adeptos satisfeitos e puderam desfrutar de uma boa exibição, de um bom resultado e da conquista dos três pontos. Como vou para casa? Vou contente, obviamente, de consciência tranquila e com um sentimento. A vitória tem muito mérito dos atletas. Há satisfação e um agradecimento por aquilo que os atletas foram nestes dias. Mais do que a questão pessoal, não é isso que está em causa, é o Sp. Braga».

[Gostou do 4x4x2?] «Gostei de todos os atletas que participaram. O que tenho falado é que todos os atletas têm um papel importante. Gostei da forma como se entregaram, todos ales. Acredito que temos plantel para jogar com variabilidade independentemente do sistema».

Bruno José Ferreira / Estádio Municipal de Braga