Apesar da liderança do Sporting no campeonato e os quatro pontos de vantagem sobre a concorrência mais direta, Ruben Amorim não assume com todas as letras que os leões são candidatos ao títulos que lhes escapa desde 2001/02, embora já tenha assumido que se a equipa cumprir o objetivo traçado de vencer todos os jogos será, naturalmente, campeã.

«O nosso objetivo mínimo é vencer todos os jogos. Direi que somos candidatos ao título quando for melhor para a equipa. É o meu pensamento não só para os sócios, mas principalmente para a equipa. Estive em plantéis diferentes, com níveis de maturidade completamente diferente. Não digo em termos de talento, porque temos muito», afirmou o treinador do Sporting, várias vezes campeão no Benfica como jogador, em conferência de imprensa.

Em caso de vitória sobre o Famalicão, a equipa de Alvalade garante que passa o Natal na liderança do campeonato, algo que Ruben Amorim relativizou. «Ficamos mais duas semanas na frente se ganharmos e neste ano nem sequer há Natal. O nosso foco é vencer todos os jogos até ao Natal e depois do Natal é vencer todos até à Páscoa e depois vamos até ao próximo momento religioso. Esse é o nosso objetivo, mas não existe nada para além deste do Famalicão. É semana a semana.»

David Marques / Estádio José Alvalade, Lisboa