Ruben Amorim, treinador do Sporting, em declarações aos jornalistas após a vitória sobre o Moreirense por 2-1 em Alvalade:

«A atitude do Sporting é sempre igual. Umas vezes bem, noutras não tão bem. Tentámos arranjar soluções para o golo, mas as equipas também se fecham e jogam. Na primeira parte tivemos várias em que o último passe e o último toque faltou e o jogou complicou-se.

Sofremos um golo contra aquilo que estava a acontecer na partida, depois reagimos bem, e depois pensei que íamos marcar logo a seguir. Tornou-se complicado, mas acaba por ser muito justo.

O jogo teve um sentido. Não foi um jogo dividido. O que faltou se calhar foram mais golos do Sporting e maior controlo em certos momentos, nomeadamente no fim da partida.»

David Marques / Estádio José Alvalade, Lisboa