Rúben Amorim, treinador do Sporting, em declarações aos jornalistas após a vitória sobre o Moreirense por 2-1 em Alvalade:

[Sporting nunca teve tantos pontos como agora à 8.ª jornada desde a introdução da vitória a três pontos em meados dos anos 90]

«É uma curiosidade que é boa para os jogadores do Sporting, também para verem a sua grandeza, mas isso não dá taças. Estamos muito no início e há muito campeonato pela frente.

Temos muito a melhorar como se viu hoje, mas já temos alguma coisa bem feita e, como disse, da atitude da equipa do Sporting os adeptos nunca se vão queixar.»

[Quando vai assumir que o Sporting é candidato ao título?]

«Se calhar a dois minutos do fim do útimo jogo, se estivermos em primeiro. Acho que não é muito importante. Importante é a forma como encaramos os jogos.

Há diferenças entre os clubes e vimos de um momento complicado. Isto está muito no início, mas é sempre bom. Nós não deixamos de ter ambição, até porque dizemos que queremos ganhar os jogos todos. E ganhando-os todos, ficamos em primeiro.

Mas prefiro levar isto assim. Está tudo no início e em três jogos tudo muda completamente. A distância é curta e a equipa também é inexperiente em certos aspectos. Vamos ter calma, há que querer ganhar todos os jogos, mas não é preciso mais do que isso. Há que ter calma…»

David Marques / Estádio José Alvalade, Lisboa