Ruben Amorim na antevisão ao primeiro jogo oficial da época

Nova época, mesmo Ruben Amorim… mas uma ambição mais assumida no discurso.

Na conferência de imprensa de antevisão à Supertaça, marcada para sábado, diante do Sp. Braga, o treinador do Sporting assumiu que os leões partem com outro tipo de pressão por serem campeões nacionais. E avisa que os jogadores vão ter de estar preparados para isso.

«É verdade que temos mais responsabilidade e temos de encarar isso pelo lado entusiasmante do desafio. No Sporting há muita cobrança e temos de viver bem com isso porque isso é que pertencer a um clube grande», começou por dizer.

O treinador admite que o título nacional coloca um alvo no Sporting, mas defende que os leões não estão acima de FC Porto e Benfica, explicando porquê.

«Ninguém dava nada por nós na época passada. Agora temos a responsabilidade de jogar ainda melhor. Mas não estamos num nível superior aos nossos rivais. Não temos o mesmo orçamento nem experiência. Nisso, não mudou assim tanto. A nossa maior responsabilidade é o senso comum, porque já se viram coisas boas nesta equipa», acrescentou, deixando ainda um recado.

«Temos de assumir essa responsabilidade para que as pessoas não se agarrem a um título. Ninguém pode pensar que agora temos uma rede de apoio. Há que manter responsabilidade e querer mais. Mas não há dúvidas de que estamos muito melhor do que no ano passado.».

Adérito Esteves / Estádio José Alvalade, Lisboa