UBS entregou às autoridades dos EUA os nomes de 300 clientes