Chancel Mbemba foi titular no meio-campo do FC Porto e apresentou-se a um nível muito interessante. A exibição do jogador mereceu elogios de Conceição na sala de imprensa do Dragão.

«O Mbemba fez parte da primeira linha de construção, o que permitia à equipa ter largura pelos laterais. O Baró e o Nakajima jogaram num espaço familiar, por assim dizer. São dois jogadores muito fortes no corredor central. Conseguimos ter momentos fantásticos. Não era fácil para o Mbemba interpretar o que queria. Muitas vezes tinha de ser terceiro central e segundo médio. No entanto, pela experiência e inteligência dele... é extremamente inteligente e ocupa cinco posições: as quatro da defesa e a de médio. É fantástico para um treinador, mas não quero individualizar. Prefiro realçar o trabalho da equipa», disse.

O internacional pela República Democrática do Congo fez o terceiro jogo esta temporada.

Vítor Maia / Estádio do Dragão, Porto