Declarações de Silas, treinador do Sporting, na sala de imprensa do Estádio Municipal de Braga, após a derrota (2-1) frente ao Sp. Braga, que afasta os leões da final da Taça da Liga:

[Confusão?] «O Mathieu queixa-se de uma mão nas costas do Paulinho no lance do golo, da expulsão do Bolasie, sentiu-se injustiçado e perdeu a cabeça. Num lance daqueles os jogadores do Braga reagem para defender o colega, nós defendemos os nossos e eles os deles. Não devia acontecer, mas acontece. Não acho que seja anormal o que aconteceu».

[Luiz Phellype por Neto?] «Sabíamos que a partir dali ia ser mais difícil pressionar na frente, ainda para mais tendo Coates com amarelo. Pusemos uma linha de cinco para evitar e responder aos cruzamentos com mais um central. Corríamos o risco de não pressionar na frente. Conseguimos tapar os espaços quase até ao final e no último minuto não conseguimos. Sabendo que não podíamos pressionar na frente, queríamos responder aos cruzamentos. Com onze não tínhamos essa necessidade porque o Braga não chegava tanto aos cruzamentos».

Bruno José Ferreira / Estádio Municipal de Braga