O Santa Clara segue em frente na Taça de Portugal, colocando o seu nome no lote de equipas que vão a sorteio na 4.ª eliminatória depois de vencer a AD Oliveirense (0-3) em Santa Maria de Oliveira com três golos de bola parada. Thiago Santana marcou na sequência de um canto, Bruno Lamas transformou um castigo máximo, definindo a eliminatória, e João Afonso marcou na sequência de um livre.

Sem querer entrar no leque já alargado de surpresas, a equipa de João Henriques dominou frente ao conjunto do Campeonato de Portugal e chegou ao golo ainda na primeira metade na sequência de um pontapé de canto. Lincoln bateu na direita, Thiago Santana fez o desvio mortífero ao primeiro poste, evitando assim um ataque de nervos aos açorianos.

É que a equipa de Santa Maria de Oliveira, concelho de Famalicão, entrou de forma atrevida e disposta a fazer aquilo a que normalmente se chama 'taça?. Os jogadores do terceiro escalão, que até ameaçaram não comparecer a este encontro devido a salários em atraso, criaram alguns calafrios através de bolas despejadas para a área e animaram o encontro.

O tal golo de Thiago Santana deu ascendente ao Santa Clara, que foi controlando o jogo com bola, ainda que sem grande progressão no terreno. A maior experiência foi segurando jogo, mas na segunda metade a Oliveirense voltou a soltar o seu atrevimento, ameaçando o empate com muito ímpeto mas pouco discernimento nos instantes iniciais.

Novamente de bola parada, na sequência de um penálti a punir falta de Vítor Bastos sobre Fábio Cardoso, Lamas não desperdiçou e com o pé esquerdo arrumou com a questão. O terceiro do Santa Clara chegou já na fase final do encontro novamente de bola parada, com João Afonso a cabecear ao segundo poste num lance muito contestado pelos homens da casa, alegando posição irregular.  

Prevaleceu a lei do mais forte, o Santa Clara venceu no Campo da Ribes, superiorizando-se nos lances de bola parada. Foi dessa forma que a equipa da Liga marcou os três golos ao conjunto do terceiro escalão.

FICHA DE JOGO

Oliveirense-Santa Clara, 0-3
Campo da Ribes (Santa Maria de Oliveira - Famalicão)

 

OLIVEIRENSE: Júlio Neiva; Gianfranco Ferreiro (83’), Vítor Bastros, Sandro Fonseca (84’) e Fábio Fonseca; Armand, Rojas, Caio Gomes e Leandro Albano; Luisinho (67’) e Jimmy.
Suplentes da Oliveirense: Jorge Sousa, Nuno Pereira, Jara (67’), Balanta (83’), Cenoura (84’), Rui Amaral e Rafael Nascimento.

SANTA CLARA: André Ferreira; Patrick, Fábio Cardoso (71’), César Martins e Mamadu Candé; Francisco Ramos, Nené, Bruno Lamas; Tiago Santana (74’), Lincoln e Carlos Jr. (61’).
Suplentes do Belenenses: Marco Pereira, João Afonso (71’), Rashid, Evouna (74’), João Lucas, Lucas Marques e Zé Manuel (61’).

ÁRBITRO: Tiago Martins (AF Lisboa)
Auxiliares: Bruno Rodrigues e Inácio Pereira

DISCIPLINA
Cartões amarelos: Mamadu Candé (18’), Thiago Santana (35’), Carlos Junior (39’), Leandro Albano (39’), Rojas (65’), Fábio Cardoso (68’), Vítor Bastos (71’), Caio Gomes (77’) e Sandro Fonseca (86’).
Cartões vermelhos: nada a registar.

GOLOS
0-1 (28’) Thiago Santana e 0-2 (71’) Bruno Lamas g. p. e 0-3 (81’) João Afonso.

Bruno José Ferreira / Santa Maria de Oliveira