Jorge Jesus, treinador do Benfica, após vitória por 2-1 frente ao Trofense:
O objetivo que era passar a eliminatória foi conseguido. Pensávamos que ia ser com mais facilidade. Sem criar grande problemas. O Benfica, sem ter grande qualidade de jogo, voltou a ter muitas oportunidades, mas não marcou. Isso permitiu que o Trofense acreditasse, teve uma chance e marcou.
Depois houve duas equipas a querer ganhar, mas a qualidade individual do Benfica fez a diferença. O golo do André foi importante porque ao fim de tanto tempo ele conseguiu jogar 120 minutos. O lado mau foi ter de deixar jogadores jogar 120 minutos e isso não foi positivo. Antes do jogo não pensei que isso fosse acontecer.

[Benfica mau na transição por causa dos dois médios que iniciaram a partida] Viu bem e eu também vi e por isso é que os tirei. O João Mário e o Weigl entraram com uma capacidade física diferenciada dos outros dois, mas também não conseguiram. Sem criar grande oportunidades, o Trofense acreditou sempre que nos podia surpreender e parabéns a eles pela qualidade tática que meteu no jogo.

[dificuldades físicas] Fui obrigado a fazer duas substituições e isso teve algum impacto na minha estratégia. Depois o Gilberto teve alguma dificuldade em responder à intensidade do jogo e ele até tem jogado bastante. O Gil Dias e o Lázaro penso que quarta vão estar fora e não é positivo.

[jogadores que jogaram mais do que queria antes de defrontar umas das melhores equipas do mundo] É a melhor equipa do mundo atualmente. Essa é a minha grande preocupação. Não esperava ter tantos jogadores jogarem os 120 minutos, mas o jogo ditou assim. Nem o resultado, nem a estratégia do jogo permitiu resguardar alguns jogadores e essa é a principal preocupação.

[exibição de Ferro] Como outros que não têm jogado tanto e dei uma oportunidade. Achei que era mais importante dar jogo ao André do que ao Ferro e foi por isso que fiz a minha opção. Ainda bem que o fiz porque o André conseguiu aguentar os 120 minutos.

[equipa sem intensidade] A equipa teve intensidade, até porque houve alguns jogadores que tiveram dificuldade em acompanhar o jogo. As duas semanas das seleções tiram completamente as equipas das suas ideias. Sempre que há jogos depois da seleção, para equipas como o Benfica em que saem 15 jogadores, é sempre uma dificuldade e hoje ficou provado.

Nuno Dantas / Estádio do CD Trofense