O treinador do Trofense, Rui Duarte, foi multado em 714 euros e suspenso por um jogo pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) devido à expulsão no jogo ante o Benfica, da terceira eliminatória da Taça de Portugal, no passado sábado.

Rui Duarte viu o cartão vermelho por protestos após o golo de André Almeida, no prolongamento, no lance que ditou o 2-1 final a favor das águias.

Segundo o mapa de castigos publicado esta sexta-feira, Rui Duarte foi expulso pelas seguintes palavras, citadas de acordo com o relatório do árbitro: «isto está fora-de-jogo quatro metros car****, vai mas é para o car****», disse Rui Duarte.

O clube da Trofa foi ainda multado num total de 3.366 euros: 1.428 deles foram por «arremesso perigoso de objeto ou arremesso de objeto perigoso com reflexo no decurso do jogo», outros 1.428 euros por «entrada e permanência de materiais pirotécnicos» e 510 euros por «comportamento incorreto do público».

Contudo, também o Benfica foi castigado monetariamente, com uma multa de 2.448 euros por «comportamento incorreto do público».

Multas mais pesadas entre os jogos da terceira eliminatória da Taça de Portugal aconteceram também no jogo entre Os Belenenses e o Sporting: 2.958 euros de multa para cada clube, por entrada de materiais pirotécnicos e comportamento incorreto do público.