A edição deste ano da Web Summit, em Lisboa, vai ser totalmente online devido à pandemia de covid-19, anunciou, nesta quinta-feira, a organização, citada pela agência Reuters.

Em junho, Paddy Cosgrave, cofundador da maior conferência tecnológica mundial, anunciou que o evento teria uma forte componente online e que a presença física de participantes estava em discussão com as autoridades de saúde portuguesas, mas a possibilidade foi, agora, colocada de parte devido ao aumento do número de casos de covid-19 não só em Portugal como, particularmente, no resto da Europa.

A Web Summit vai decorrer entre 2 e 4 de dezembro.

Lisboa continua a ser a casa da Web Summit, mas devido ao aumento do número de casos de covid-19 na Europa, temos de pensar no que é melhor para os portugueses e para os nossos participantes. A resposta mais segura e sensata é realizar a Web Summit totalmente online em 2020. Estamos desejosos de receber os participantes novamente em Lisboa em 2021", afirmou Paddy Cosgrave.

No novo formato, a Web Summit poderá receber até 100.000 participantes, sendo que está confirmada a presença de cerca de 800 oradores, entre os quais se encontra o "Capitão América" Chris Evans.

Na última edição, que teve lugar entre 4 e 7 de novembro, no Parque das Nações, passaram pela conferência MAIS DE 70.000 PARTICIPANTES, oriundos de 163 países.

Catarina Machado