Um jovem de 18 anos é a grande novidade na tripulação civil da Blue Origin, de Jeff Bezos, que no próximo dia 20 de julho viaja para o espaço, avança a agência France Presse, nesta quinta-feira.

Este passageiro, o mais jovem de sempre a viajar ao espaço, terminou o liceu em 2020 e possui licença de piloto, segundo a Blue Origin.

Oliver Daemen não é, confirmou também a empresa, o vencedor do leilão que pagou 28 milhões de dólares (mais de 23 milhões de euros) por um lugar a bordo e que só viajará numa futura missão.

Isto marca o início das operações comerciais da New Shepard, e Oliver representa uma nova geração de pessoas que nos ajudarão a construir um caminho para o espaço", disse Bob Smith, CEO da Blue Origin.

Foi ainda divulgado que Oliver Daemen sonha com o espaço, a lua e foguetões desde os quatro anos, e que irá estudar física e gestão de inovação na Universidade de Utrecht, nos Países Baixos, em setembro.

Jeff Bezos, 57 anos, considerado o homem mais rico do mundo, deixou o cargo de diretor-geral da Amazon para se dedicar à sua outra empresa, a Blue Origin, que fará o seu primeiro voo de turismo espacial dentro de dias, com o próprio com Jeff Bezos a bordo.

Richard Branson pode ter ganho a corrida ao espaço, mas Jeff Bezos contra-atacou com a novidade de um tripulante jovem num voo não tripulado e sem astronautas.

Os restantes tripulantes são, além de Bezos, o seu irmão e executivo Mark Bezos e a aviadora Wally Funk, de 82 anos. E se Oliver será o mais jovem de sempre a viajar ao espaço, a octogenária será a mais velha.

Os quatro vão realizar um voo suborbital de 11 minutos, a bordo da aeronave New Shepard, com lançamento programado para um local no oeste do Texas.

A New Shepard é uma cápsula/foguete autónoma, com 18,3 metros de altura, que não pode ser pilotada do lado de dentro.

Catarina Machado