O prémio da Fundação Mário Soares – Fundação EDP 2016 foi entregue à investigadora Ângela Salgueiro pela tese de doutoramento “Ciência e Universidade na I República”, anunciou hoje, em comunicado, a Fundação Mário Soares.

O prémio visa, segundo o comunicado, “galardoar autores de dissertações académicas ou de outros trabalhos de investigação realizados no âmbito da História de Portugal do século XX”.

Segundo a Fundação Mário Soares, Ângela Salgueiro é investigadora do Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

A investigadora concluiu o seu doutoramento em 2015 com a tese, agora premiada, que analisa a “história da institucionalização da investigação científica na universidade imposta pela reforma do Ensino Superior que se seguiu à implantação da I República”.

O júri atribuiu também duas menções honrosas a Ana Maria Bigotte Vieira, pela tese “No ALEPH. Para um olhar sobre o serviço ACARTE da Fundação Calouste Gulbenkian entre 1984 e 1989”, e a Luciana de Castro Soutelo, pela tese “A memória pública do passado recente nas sociedades ibéricas. Revisionismo histórico e combates pela memória em finais do século XX”.