A NASA divulgou os primeiros sons captados em Marte pelo robô Perseverance, onde é possível ouvir uma ligeira brisa durante alguns segundos.

Estes sons foram captados no terreno, na cratera Jezero, a 20 de fevereiro.

Agora que viram Marte, ouçam-no. Ponham os auscultadores e ouçam os primeiros sons captados por um dos meus microfones", escreveu a NASA na conta da Perserverance no Twitter.

A agência espacial norte-americana partilhou dois sons, um com o ruído próprio do veículo e outro com o ruído filtrado. É no segundo som, mais limpo, que é possível escutar a "brisa marciana".

Cerca de dez segundos após o início da gravação de 60 segundos, uma brisa marciana é audível por alguns segundos, assim como os sons mecânicos do veículo espacial a operar na superfície", descreve a NASA.

A NASA conta, ainda, que não foram recolhidos "dados utilizáveis durante a descida", mas que o microfone "comercial" do Perseverance sobreviveu à "descida altamente dinâmica" e "obteve sons da cratera Jezero a 20 de fevereiro".

O robô Perseverance (Perseverança, na tradução literal) aterrou em Marte na quinta-feira para recolher amostras do solo e de outros elementos do planeta.

A aterragem do Perseverance, uma missão não tripulada, foi transmitida nas redes sociais Twitter e YouTube e também no site da NASA.

As amostras recolhidas não deverão chegar à Terra antes do início da próxima década.

Veja também:

Catarina Machado