A NASA anunciou que vai enviar duas novas missões a Vénus para analisar a atmosfera do planeta e as características geológicas. É a primeira vez em mais de 30 anos. 

São uma oportunidade para investigar um planeta que não visitamos há mais de 30 anos", disse o administrador da NASA, Bill Nelson.

As duas missões não tripuladas estão previstas para 2028 e 2030 e vão custar mais de 410 milhões de euros. 

A última sonda espacial norte-americana que pisou Vénus foi a Magellan em 1990. No entanto, durante este período houve outras da Europa e do Japão que visitaram o planeta.

Estas missões foram programadas com base no potencial valor científico e na fiabilidade de planos de desenvolvimento. 

Daquilo que se sabe, Vénus é o planeta mais semelhante com a Terra, mas também aquele que tem a órbita mais próxima. É o segundo a seguir ao Sol, talvez por isso seja o mais quente do sistema solar. Por lá as temperaturas rondam os 480 graus celsius e não há vestígios de água.

Cláudia Évora