Duas adolescentes indianas descobriram um asteroide cuja órbita deve cruzar a da Terra, ao analisarem imagens através de um telescópio na Universidade do Havai, revelou o instituto de educação espacial da Índia.

Atualmente, o asteroide está próximo de Marte e a sua órbita deve cruzar a da Terra em cerca de um milhão de anos, afirmou o SPACE India, o instituto particular onde as duas meninas, ambas de 14 anos, estudaram.

"Estou ansiosa por podermos batizar o asteroide”, disse Vaidehi Vekariya, uma das meninas que fez a descoberta, acrescentando que quer ser astronauta.

No entanto, o asteroide – atualmente designado de HLV2514 - só poderá receber um nome de forma oficial “depois de a NASA, a Agência Aeroespacial dos Estados Unidos, confirmar a sua órbita”, disse o porta-voz do Space India, citado pela CNN.

A outra estudante, Radhika Lakhani, afirmou que a sua prioridade é estudar.

“Nem tenho televisão em casa para me poder concentrar nos estudos”, disse.

A importância destas descobertas

Note-se que asteroides e cometas representam uma ameaça potencial ao planeta Terra e os cientistas descobrem milhares deles todos os anos. A CNN recorda que, em 2013, um asteroide mais pesado que a Torre Eiffel explodiu sobre a Rússia, e a sua onda de choque fez mais de mil feridos.

As duas meninas de Surat, uma cidade no oeste da Índia, descobriram o objeto durante uma campanha conduzida pelo Space India em parceria com um grupo de cientistas filiado à Nasa.

Lara Ferin