A NASA está a preparar-se para a passagem pela Terra de um asteroide apelidado de Apophis, “Deus do Caos”. O meteoro deve cruzar os céus terrestres daqui a dez anos e o tamanho e a rapidez do corpo celeste já estão a despertar a curiosidade dos cientistas.

Será no dia 13 de abril de 2029 que o asteroide vai passar a cerca de 30 mil quilómetros da Terra. Uma distância consideravelmente curta, mas que os cientistas da NASA garantem não representar perigo.

Segundo o “The Independent”, ao olhar para o céu será possível ver um clarão a mover-se muito depressa. Tão depressa que percorrerá uma distância equivalente ao diâmetro da Lua em apenas um minuto e será tão brilhante quanto as estrelas que cobrem o céu.

Os investigadores apelidaram o asteroide com 340 metros de comprimento de Apophis, o nome do deus egípcio do caos.

É muito raro um corpo espacial deste tamanho sobrevoar a Terra. De acordo com o “The Independent”, já foram estudados asteróides mais pequenos que passaram ainda mais perto do nosso planeta, mas ver um meteoro com mais de 300 metros de diâmetro tão próximo é uma raridade. Graças a esta proximidade, os cientistas vão conseguir ver em detalhe todos os pormenores da rocha espacial.

A aproximação de Apophis, em 2029, vai ser uma oportunidade incrível para a Ciência. Vamos observar o asteroide com telescópios óticos e de radar. Com as observações de radar talvez consigamos ver os detalhes da superfície”, afirmou Marina Brozović, cientista da NASA, citada pela mesma publicação.

Segundo as previsões dos cientistas, a passagem deste “deus do caos” será visível a olho nu, primeiramente no Hemisfério Sul, na Austrália. Depois, o corpo espacial viajará pelo Oceano Índico, chegando aos EUA.

Apophis foi avistado pelos astrónomos da NASA, pela primeira vez, em 2004. Na altura, os cientistas calcularam que havia 2,7% de hipóteses de corpo celeste embater na Terra em 2029. Com a maior proximidade do asteroide, este cenário foi totalmente descartado.