A primeira chuva de meteoros de 2020 foi capturada pela astronauta da NASA, Christina Koch. A fotografia foi partilhada pela astronauta na página de Twitter e mostra o rasto de vários meteoros em chamas ao entrar na atmosfera. Christina captou também as auroras boreais, que aparecem na imagem em tons de verde.

 "É possível ver estrelas cadentes a partir do espaço? Parece que sim!", escreveu a astronauta no Twitter.

"A primeira chuva de meteoros da década e tivemos a sorte de testemunhá-la desde a Estação Espacial Internacional com auroras boreais. Esta é uma imagem composta por alguns dos quadrantids enquanto ardiam pela atmosfera", descreveu Christina.

Segundo a agenda na NASA, Christina Koch permanecerá na Estação Internacional Espacial até fevereiro deste ano, falhando por pouco o recorde da mais longa estadia espacial de um astronauta da NASA: 340 dias, estabelecido por Scott Kelly. Normalmente, os astronautas permanecem na estação por apenas seis meses.

Esta imagem é a mais recente de muitas fotografias e vídeos que Koch partilha nas suas redes sociais, um dos seus hobbies no espaço. 

"É fim-de-semana! A pergunta que mais recebo é o que é que nós (astronautas) fazemos no nosso tempo livre aqui. Para mim, é principalmente fotografia, passar tempo com minha equipa, ler e assistir desporto como surf e futebol americano.", pode ler-se numa da suas publicações.

/ RL