Um novo sensor aciona um alarme sempre que uma criança ou um animal é esquecido num carro. Os especialistas acreditam que este dispositivo irá ajudar a evitar um problema muito sério: as crianças e os animais que são esquecidos em automóveis e que morrem devido ao sobreaquecimento das viaturas.

O aparelho, desenvolvido por cientistas da Universidade de Waterloo, no Canadá, combina tecnologia usada em radares e inteligência artificial.

O dispositivo pode ser adicionado ao teto do automóvel ou a um espelho traseiro.

Com este sensor, sempre que uma criança ou animal for esquecido no carro, a sua presença é detetada e é acionado um alarme. 

George Shaker, da Universidade de Waterloo, garantiu à CNN que o sistema será barato e acessível a toda a gente.

O sensor responde a um problema sério e global. O sistema será tão acessível que poderá ser usado como equipamento padrão em todos os veículos”, vincou o engenheiro universitário.

Num carro estacionado com os vidros fechados, a temperatura interna do automóvel sobe dez graus em apenas cinco minutos. E isto é fatal para uma criança ou para um animal que é deixado sozinho, por esquecimento, na viatura.

De acordo com a organização norte-americana para a Segurança das Crianças e dos Automóveis, 37 crianças morrem por ano devido ao sobreaquecimento de automóveis nos Estados Unidos. Em 2019, o número de mortes já vai em 52.