Os ministros da Cultura da União Europeia debatem, esta quinta-feira, em Bruxelas, como hão-de impulsionar a digitalização de livros e de outros conteúdos culturais europeus através de iniciativas como a Europeana, a biblioteca virtual comunitária, escreve a Lusa.

Os 27 vão analisar os principais obstáculos a uma maior disponibilidade de livros digitalizados na UE e propor medidas para fomentar as iniciativas públicas e privadas nesta área, apostando em facilitar o acesso às obras que já estão em domínio público.

A UE quer, igualmente, incentivar as contribuições dos Estados-membros para a Europeana - a biblioteca virtual que já coloca à disposição dos cibernautas cerca de cinco milhões de documentos digitais - face ao avanço de iniciativas privadas como o Google Books.