Reuben Paul é uma pequena criança, mas já dá grandes passos nas questões tecnológicas. O jovem norte-americano é CEO da Prudent Games, uma empresa que o próprio fundou, com a ajuda dos pais.

“Ciber-ninja” é a alcunha pela qual é conhecido pelos internautas que acompanham o seu trabalho. Além da empresa de videojogos, Reuben desenvolve sistemas de cibersegurança destinados a jovens internautas.

Este jovem tem participado em diversas conferências sobre cibersegurança um pouco por todo o mundo. A última foi na Holanda e a sua intervenção espantou os espectadores.

As questões de segurança na internet, nomeadamente sobre espionagem, são atualmente tema de debate e muitos conselhos são dados aos internautas. Na sua intervenção, Reuben Pal demonstrou que não podemos estar descansados e o perigo pode estar onde menos esperamos.

Durante a a intervenção, este rapaz, que frequenta o sexto ano numa escola do Texas, demonstrou que tudo pode ser usado para espiar a nossa vida: carros, televisões e até um urso de peluche, nas mão erradas, podem ser armas de um espião.

 

Para demonstrar ao auditório da "One Conference", a palestra onde discursava, que tudo isto era possível, usou um urso de peluche. Com um sistema de bluetooth e wifi inseridos no peluche, foi capaz de se ligar a todos os aparelhos que tivessem estas duas funcionalidades ativas.

Depois de conectado, sem que os espectadores dessem conta, conseguiu descarregar as listas de contactos, fotografias e dados pessoais. Além da descarga de dados, o jovem diz ser possível aceder ao áudio e câmara de todos os dispositivos.

Basicamente mostrei como é fácil conectar-me aos vossos dispositivos e controlá-los", disse. 

Os alertas de Reuben Paul não são novidade. Desde 2014 que este jovem trabalha para melhorar a segurança nesta era da revolução tecnológica.

O “ciber-ninja” desenvolve videojogos didáticos para que os jovens possam treinar as suas capacidades interativas e proteger os dados pessoais. Um dos jogos que Reuben desenvolveu consiste em construir palavras-passe difíceis de decifrar.

Este jovem prodígio diz que aprendeu tudo ouvindo as conversas do pai. Marc Paul, pai de Reuben, é developer de uma empresa de software nos Estados Unidos da América.

No futuro, o “ciber-ninja” tem como objetivo estudar no MIT (Massachusetts Institute of Technology), uma prestigiada universidade norte-americana.