Uma nova espécie de tiranossauro foi encontrada por cientistas no Canadá, avança a BBC. É um ancestral do Tiranossauro Rex, chamava-se “Ceifador da Morte” e tinha cerca de 2,4 metros de altura e oito metros de comprimento.

Segundo o estudo publicado, no mês passado, na revista Cretaceous Research, o nome técnico dado ao dinossauro foi “Thanatotheristes degrootorum” e recebeu a alcunha de “Thanatos” entre os cientistas.

O estudo revela ainda que era um dinossauro carnívoro, com um focinho longo e dentes com mais de 7 cm, e que era considerado um predador com uma figura intimidadora.

Os fragmentos do crânio fossilizado foram encontrados por John De Groot, agricultor e entusiasta de paleontologia, que tropeçou nos fósseis, em 2010, enquanto caminhava perto de Hays, uma aldeia no sul de Alberta.

Os cientistas afirmam que a nova descoberta lhes forneceu informações sobre a evolução dos tiranossauros, o que permitiu preencher algumas lacunas que existiam.

Os tiranossauros foram os predadores dominantes na terra por milhões de anos antes da extinção dos dinossauros, há cerca de 65 milhões de anos.