Se tem telemóvel ou telefone da rede NOS, muito provavelmente ficou sem conseguir fazer chamadas durante parte do dia de domingo.

Dezenas de clientes queixaram-se de estarem sem rede no Facebook da operadora de telecomunicações. A empresa respondeu a algumas queixas, reconhecendo que houve um problema:

Está em resolução a dificuldade que descreve, pedimos desculpa pelo inconveniente.
Está a ser tratada com o máximo de urgência".

Houve quem reclamasse de estar há horas nessa situação, sem conseguir efetuar chamadas telefónicas, só as de emergência funcionavam.

Entre as queixas, todas foram de falta de rede: " Não tenho rede em nenhum dos telemóveis cá de casa"; "sem rede nos telemóveis e o telefone fixo também não funciona";  "parece que estamos todos com o mesmo problema sem rede! O pior é que não tenho outro meio de entrar em contacto e reclamar!" são alguns dos exemplos.

Entretanto, fonte oficial da empresa indicou à Lusa que o problema estaria "completamente resolvido” cerca das 21:00.

Houve a meio da tarde uma falha de rede que afetou alguns clientes com intermitências no serviço de voz, mas está a ser ultrapassado".

Os serviços de voz e dados da operadora acabaram por ficar "totalmente repostos" mais tarde, pelas "22:30". 

Em comunicado, a NOS indicou que “a falha de rede se fez sentir em algumas zonas do país, em particular no Porto e em Lisboa” e lamentou “o transtorno que esta situação possa ter causado aos clientes afetados”, explicando que as suas equipas “trabalharam ininterruptamente com os seus parceiros, para recuperar com a rapidez possível todas as funcionalidades de modo a minimizar o impacto nos clientes”.

A operadora adiantou que “levará a cabo uma averiguação, no sentido de aferir as causas que estiveram na origem deste grave incidente”.

Dos cerca de quatro milhões de utilizadores da rede telefónica fixa, cerca de 37% são clientes da NOS, e dos 12,3 milhões de clientes de serviços móveis, 24,7% são da NOS, segundo um relatório da Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) divulgado em janeiro.

A operadora de comunicações NOS resulta da fusão, em 2013, das empresas ZON Multimédia e OPTIMUS Telecomunicações.