A Associação Médica do estado norte-americano do Texas (TMA, na sigla original) elaborou uma lista onde descreve várias atividades e o respetivo risco de contágio por Covid-19.

Segundo o gráfico, partilhado através do Twitter daquela instituição, abrir o correio é a atividade que implica menos risco de contágio. Em sentido oposto, ir a um bar, assistir a uma celebração religiosa, ir a um recinto desportivo ou a um concerto são os comportamentos mais arriscados.

A lista foi elaborada por especialistas da TMA que se dedicam ao estudo da doença Covid-19, em articulação com especialistas em doenças infecciosas.

Outros comportamentos que implicam menos risco são pedir uma refeição take-away ou colocar combustível no carro.

Atividades como ir jantar a casa de alguém, fazer compras num centro comercial ou trabalhar num escritório representam um risco intermédio, segundo a mesma lista.

A TMA publica esta lista na sequência do surgimento de novos surtos do novo coronavírus nos Estados Unidos, sobretudo em estados do sul, como é o caso do Texas.

Depois de ter estabilizado o número de contágios, os Estados Unidos voltaram a ter uma semana negra, com vários dias em que o recorde de casos diários foi quebrado, como foi o caso do último balanço, que contou com mais de 60 mil doentes infetados em 24 horas.

O país contabiliza 129.405 óbitos e 2.793.022 casos desde o início da pandemia, segundo o balanço realizado às 20:00 de sexta-feira (01:00 deste sábado em Lisboa), pela agência de notícias Efe.

Os números diários no país cresceram significativamente como resultado do surto de infeções nos estados do sul e oeste, como Florida, Texas, Califórnia, Arizona, Geórgia e Carolina do Norte e Carolina do Sul.

Nova Iorque continua a ser o estado mais fortemente afetado pelo coronavírus nos Estados Unidos, com 395.872 casos confirmados e 32.081 mortes, um número apenas inferior ao do Brasil, Reino Unido e Itália.

Só na cidade de Nova Iorque, morreram 23.140 pessoas.

Nova Iorque é seguida pela vizinha Nova Jersey, com 15.164 mortos, Massachusetts, com 8.149, e Illinois, com 7.005.

Outros estados com um grande número de mortes são a Pensilvânia (6.746), Michigan (6.215), Califórnia (6.278), Connecticut (4.335).

Em termos de infeções, a Califórnia está atrás apenas de Nova Iorque, com 250.514 casos. O Texas, com 185.244 infetados, e a Florida, com 178.594, ocupam o terceiro e o quarto lugar na estatística de casos confirmados.

  
António Guimarães / com Lusa