A melhoria da qualidade de vida de crianças e jovens com doenças renais e respectivas famílias é a principal missão do projecto «Criança e Rim», que vai lançar um portal na Internet quinta-feira, Dia Mundial do Rim.

O portal ( www.criancaerim.org) vai disponibilizar informação sobre patologias renais, legislação, apoios existentes e notícias, de acordo com o projecto «Criança e Rim», criado em 2007 e que até agora dispunha apenas de «ferramentas rudimentares, como um blogue e um fórum com limitações».

«Tendo atingido uma média diária de 100 visitantes, para além dos inúmeros contactos por e-mail, e outro tipo de iniciativas, como a aproximação a empresas e instituições responsáveis e a organização de eventos nos serviços de nefrologia pediátrica, justifica-se agora a criação de um novo site», explicou Hermínia Moutinho, uma das responsáveis do projecto.

A médica nefrologista pediátrica Helena Jardim, que colabora activamente com o projecto, considera que, «para os profissionais que têm a seu cargo crianças e jovens com doenças renais complexas, estes espaços de qualidade na Internet são óptimos auxiliares da prática clínica».

«Estas crianças precisam do apoio de toda uma equipa multidisciplinar, desde a médica, à nutricional e à psicológica, culminando no apoio da escola e na comunidade. A família é a parte mais importante da equipa. Quanto mais informada estiver a família sobre os problemas a enfrentar e como os contornar, maior será a sua colaboração e adesão aos programas terapêuticos e melhores serão os resultados finais para a criança», acrescentou.