O acesso à Web Summit, que tem início no Parque das Nações, em Lisboa, esta segunda-feira, terá pela primeira vez um perímetro exterior monitorizado para acesso de pessoas e viaturas, anunciou hoje a PSP.

Pela primeira vez, foi desenhado um perímetro de segurança para acesso de pessoas e viaturas acreditadas, quando noutros anos a vigilância era realizada junto às entradas para a 'Web Summit'.

De acordo com a PSP, o maior evento de tecnologia não apresenta um risco maior de segurança, mas foi delineado um plano que será "quase definitivo" para os próximos anos de realização do evento em Portugal e que exigirá "um controlo mais apertado", através de detetores de metais, aparelhos de Raio X e um sistema de TV.

Devido à previsibilidade de realização de greve parcial no Metropolitano de Lisboa na terça e na quinta-feira, até às 10:00, a PSP revelou que "está a ser elaborado um plano de contingência" para a criação de ‘bolsas’ onde táxis e veículos descaracterizados de plataformas eletrónicas de transporte de passageiros possam apanhar e largar passageiros.

A Web Summit 2018, considerada o maior evento de inovação de Startups e empreendedorismo tecnológico do mundo, decorre entre hoje e quinta-feira no Altice Arena e Pavilhões da FIL, no Parque das Nações, em Lisboa.

Até ao final do evento estão previstos condicionamentos à circulação automóvel em toda a zona envolvente do Parque das Nações, sob vigilância policial.

A Alameda dos Oceanos, no sentido norte-sul, entre a Rotunda dos Vice-Reis e a Avenida do Índico, estará circulável, mas a circulação estará interrompida na Alameda dos Oceanos junto à FIL, entre o Pavilhão de Portugal e a rotunda dos Vice-Reis (sentido sul-norte).

Estará também cortada a Rua do Bojador, no troço entre o Altice Arena e a Feira Internacional de Lisboa (troço nascente-poente) e a Avenida do Atlântico, entre a Feira Internacional de Lisboa e a Praça Sony.

Estarão condicionadas a Rua do Bojador entre a Avenida da Boa Esperança e o Altice Arena e a Avenida da Boa Esperança entre a Rotunda dos Vice-reis e o Hotel Myriad.

A PSP alertou ainda para eventos periféricos ligados à Web Summit, que vão provocar congestionamento de trânsito, nas zonas do Bairro Alto, Cais do Sodré e zona circundante do Lx Factory.

A PSP aconselhou os participantes a adquirir bilhetes apenas nas plataformas oficiais do evento, a utilizar transportes públicos para aceder ao local, estacionar em locais apropriados, a terem cuidado com o transporte de objetos de valor e a respeitar as indicações das autoridades.

De acordo com esta autoridade, é esperado que o evento receba 70.000 visitantes, mais de 1.200 oradores e um número elevado de presidentes executivos de empresas a nível mundial.