Mais de uma em cada cinco pessoas que vivem na capital da Índia, Nova Deli, pode ter ficado infetada com Covid-19. A conclusão surge após um estudo do Centro Nacional para o Controlo de Doenças (NCDC, na sigla original) do país, que realizou vários testes serológicos à população, sendo que 23,48% dos testados apresentaram anticorpos do vírus.

O estudo, que foi revelado esta terça-feira, incidiu sobre 21.387 pessoas selecionadas de forma aleatória no estado de Deli, que inclui a capital indiana.

Mesmo com o ajustamento que tem em conta a existência de falsos positivos e negativos, os especialistas apontam que 22,86% da população testada já esteve em contacto com o Sars-cov-2.

Oficialmente, o estado de Deli reportou mais de 123 mil casos, dos quais quase quatro mil resultaram em mortes. Este novo estudo, apresentado pelo Dr. Sujeet Kumar Singh, presidente do NCDC, aponta que o verdadeiro número de infetados pode ascender a mais de 6,6 milhões de pessoas, entre os quase 30 milhões de habitantes do estado ao qual pertence a capital indiana.

Segundo Jayaprakash Muliyil, epidemiologista no Christian Medical College, estes resultados apontam apenas uma média, sendo que a incidência da doença pode ser muito mais alta em certos locais, sobretudo nos bairros de lata que ficam em torno de Nova Deli.

Precisamos de olhar para os diferentes grupos", disse, citado pela agência Associated Press.

O estudo foi conduzido entre os dias 27 de junho e 10 de julho, sendo que os especialistas apontam que o número de casos será ainda maior atualmente.

A nível nacional, a Índia já reportou mais de 1,1 milhões de casos do novo coronavírus, sendo o terceiro país com mais contágios confirmados em todo o mundo, logo a seguir aos Estados Unidos e ao Brasil.

Apesar do número de casos, a taxa de letalidade no país é significativamente mais baixa, e há muitos doentes que já foram considerados recuperados. Com efeito, estão confirmadas 28.732 vítimas mortais, e mais de 724 mil pacientes recuperaram.

Se compararmos com o Reino Unido, por exemplo, e tomando os dados como oficiais, a Índia tem mais 900 milhões de casos registados, mas tem menos 17 mil óbitos confirmados. Assim, a taxa de letalidade no país asiático é de 2,4%, enquanto que no país europeu o mesmo parâmetro ascende a 15,3%, quase oito vezes mais.

Ainda assim, os especialistas acreditam que existem muitas mortes relacionadas com o vírus que não estão a ser reportadas na Índia, sobretudo no caso de idosos que já têm outras patologias associadas.

António Guimarães